Monthly Archives: setembro 2015

Resultado da Enquete no site da SES-MG ressalta a importância da Educação Permanente em Saúde

Durante os últimos três meses, o site da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) realizou uma enquete com os internautas para saberem quais as ações relativas ao fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS) seriam mais importantes para o Estado e que poderiam fazer a diferença na saúde pública.

Em primeiro lugar, com 29.9% (395 votos), os internautas responderam sobre a importância de se “oferecer aos profissionais de saúde capacitação e qualificação por meio do programa de Educação Permanente em Saúde com cursos presenciais e via educação a distância”. Em Minas Gerais, a Escola de Saúde Pública é referência na realização de cursos, palestras, seminários e oficinas sobre saúde pública e saúde coletiva. Abaixo, confira o resultado da enquete:

enquete_SUS_site_SES-MG_30.09.2015_1A

Regional de Uberlândia mobiliza servidores para o Setembro Verde

Crédito: Cássio Machado.

Crédito: Cássio Machado.

Nesta última segunda-feira (28/09), os servidores da Superintendência Regional de Saúde (SRS) de Uberlândia vieram trabalhar com peças de roupa verdes como forma de estimular o trabalho de conscientização sobre a importância da doação de órgãos e da prevenção do câncer de intestino, que é o mote da campanha #SetembroVerde.

Para o Superintendente Regional de Uberlândia, Almir Fontes, a sensibilização da população sobre este assunto é fundamental. “Precisamos sensibilizar a todos para aumentar o número de doadores, mas precisamos também ter uma gestão alinhada e eficiente entre os entes envolvidos para que cada órgão que chegue não seja perdido”.

Na opinião do médico do MG Transplantes e da Central de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos (CNCDO) Oeste, situado em Uberlândia, Dr. Tomphson Palma, a principal barreira à doação é a falta de informação e o preconceito. “O mineiro é predisposto a doar, mas tem receio em função do desconhecimento. Por isso é importante que seja realizada amplas campanhas de educação e comunicação”, explica Dr. Tomphson. O CNCDO Oeste atua no Triângulo Mineiro, Alto Paranaíba e Noroeste de Minas, numa região ampliada com 87 municípios.

 

Por Cássio Machado

Regional de Fabriciano discute proposta de reabertura do Hospital de Belo Oriente

Reunião sobre o Hospital de Belo Oriente.

Crédito: Flávio Samuel.

Nesta última terça-feira (29/09), o Superintendente Regional de Saúde de Coronel Fabriciano, Wagner Barbalho, juntamente com o prefeito de Belo Oriente, Pietro Chaves e os diretores da Fundação São Francisco Xavier (FSFX), Luiz Márcio, Mauro Oscar e José Carlos Gallinari, foram recebidos em audiência pelo Secretário Estadual de Saúde, Fausto Pereira dos Santos. O objetivo do encontro foi discutir propostas de viabilização de reabertura do Hospital de Belo Oriente, bem como alinhamentos de metas para a Gestão de Saúde no Território Vale do Aço.

Segundo Wagner Barbalho, o Estado reformou todo o prédio do hospital em um convênio com a Fundação São Francisco Xavier (FSFX), no entanto, o próximo passo será a apresentação de um cronograma realizado pela Superintendência Regional de Saúde (SRS) e a Fundação São Francisco Xavier (FSFX), para que o Estado avalie a possibilidade de reabertura do Hospital de Belo Oriente em um custeio tripartite, com verba Federal, Estadual e Municipal.

Na oportunidade, o Fausto Pereira dos Santos se comprometeu em trabalhar pela reabertura, mas ponderou sobre o custeio e forma de gestão. “O compromisso do Governo de Minas é analisar a possibilidade de reabertura do Hospital de Belo Oriente, mas após a realização de um cronograma completo e de contrato de gestão tripartite”, finalizou o Secretário de Estado de Saúde.

Por Flávio Samuel.

#TOP5: Como inserir alimentos saudáveis para as crianças?

POST 4_Alimentação saudável crianças

Inserir alimentos saudáveis no cardápio das crianças não é uma tarefa fácil, não é mesmo? É preciso muita paciência e imaginação para convencer os pequenos de consumir verduras, frutas e legumes – itens essenciais para o desenvolvimento do organismo. Abaixo, confira cinco dicas para que os pequenos tenham uma alimentação saudável:

Por Paula Gargiulo

#SaúdeELiteratura: Livro mostra a importância da alimentação saudável na infância

POST 5_livro_alimentacao saudavel_capa_customizada_2015

No livro “Alimentação Saudável na Infância”, a nutricionista Cláudia Lobo mostra o caminho para implantar e manter uma alimentação saudável na rotina alimentar das crianças. Com dicas e soluções práticas, ela ensina a escolher os alimentos adequados e prepará-los de forma saborosa e nutritiva.

Ao longo da obra, dividida em 20 capítulos, a autora mostra o passo a passo para selecionar, comprar, preparar e armazenar os alimentos ideais para uma boa nutrição. Ela aborda também a importância da mastigação correta e a melhor forma de apresentar diferentes pratos às crianças, além de oferecer dicas de como lidar com manhas e birras na hora das refeições.

Trata-se de um guia para ajudar a transformar os hábitos alimentares de toda a família. Mudanças no cotidiano, organização e perseverança são alguns dos ingredientes apontados pela nutricionista. Outras questões importantes são abordadas no livro, como a realização de atividades físicas com movimentos espontâneos e a exposição da criança ao sol nos horários adequados.

“É extremamente difícil alimentar adequadamente uma criança nos dias de hoje. Falta tempo para preparar refeições equilibradas em casa, os pequenos estão voluntariosos e cheios de vontades, não aceitam a maioria dos alimentos que deveriam comer e só querem aqueles que não acrescentam nada de bom à saúde. Além do mais, certas comidas são mais saborosas que outras e as mais gostosas nem sempre são saudáveis”, afirma Cláudia Lobo.

 

Sobre autora:

Cláudia Lobo é nutricionista e odontóloga. Pós-graduada em Nutrição Humana e Saúde, em Educação Infantil e em Gastronomia Funcional, é membro da Sociedade Brasileira para Estudos da Obesidade e Síndrome Metabólica (Abeso).

Regional de Fabriciano marca presença no “Seminário Emergência Ambiental”

Crédito: Flávio Samuel

Crédito: Flávio Samuel

Acontece em Belo Horizonte, nesta segunda (28) e terça-feira (29), o “Seminário Emergência Ambiental – Prevenção e Gestão de Riscos e Desastres Ambientais Naturais e Tecnológicos” realizado pelo Sistema Estadual de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (SISEMA) e a Comissão Estadual de Prevenção, Preparação e Resposta Rápida a Emergências Ambientais com Produtos Perigosos (CE P2R2).

A referência técnica da Vigilância em Saúde Ambiental, Éder Silva, representa a Superintendência Regional de Saúde (SRS) de Coronel Fabriciano com o tema: “Prevenção e Gestão de Riscos e Desastres Ambientais Naturais e Tecnológicos”. Segundo Éder, o evento visa promover a troca de informações entre os segmentos envolvidos nas atividades de produção, armazenamento, manuseio, distribuição, comercialização e transporte de produtos perigosos.

Os temas tratados estão relacionados às ações de prevenção e experiências no atendimento aos acidentes ambientais, bem como a gestão dos riscos ou desastres a eles associados. O Seminário aborda, também, temas referentes às ocorrências de eventos críticos, em especial, as emergências e desastres consequentes da seca e da estiagem prolongada.

Por Flávio Samuel

Regional de Uberlândia realiza parceria em evento no Parque do Sabiá

Crédito: Cássio Machado.

Crédito: Cássio Machado.

A Superintendência Regional de Saúde (SRS) de Uberlândia participou, no último domingo (27/09), das atividades de saúde do Projeto SESC no Parque. O evento, realizado pelo Sistema Fecomércio MG, Sesc e Senac, levou cerca de 94mil pessoas ao Parque do Sabiá. Na programação, eventos culturais e de sensibilização da população para diversas áreas como saúde, meio ambiente e gastronomia.

Além disso, foram distribuídos volantes da Dengue e Febre do Chikungunya, enviados pela Mobilização Social da Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG). Quem passou pelo stand da Saúde foi sensibilizado com dicas de para não deixar água parada em casa, evitando assim o surgimento de criadouros do mosquito da Dengue.

A iniciativa realizada pelo Sesc passou, em 2015, por Ipatinga, Uberaba, Belo Horizonte, Patos de Minas e Uberlândia, alcançando um público de mais de 420 mil pessoas, sendo mais de 94 mil apenas na edição de Uberlândia. No enceramento do evento, houve Encontro dos Violeiros com o show “Amizade Sincera” que reuniu os cantores Renato Teixeira e Sérgio Reis.

Por Cássio Machado.

Regional de Teófilo Otoni realiza ações de controle da Dengue em Malacacheta

Regional de Teófilo Otoni_28.09.2015

Foto: Lineu Cardoso.

A Superintendência Regional de Saúde de Teófilo Otoni, em parceria com Secretaria Municipal de Saúde realizou no período de 21 a 25 de setembro, em Malacacheta, várias ações para eliminar focos e criadouros do mosquito da Dengue. “Preocupo muito com a questão do lixo e da água parada, essas ações não devem ser só da secretaria municipal de saúde, mas de toda a comunidade, a população tem que se cuidar, é uma questão séria que toda a comunidade precisa se envolver. Se cada um fizer a sua parte, com certeza resolveremos uma boa parte sobre a questão da Dengue”, afirmou a moradora do município de Malacacheta, Maria de Lurdes Freitas.

“É importante à vinda da equipe de endemia da Superintendência Regional de Saúde de Teófilo Otoni que, juntamente com a equipe de endemias do nosso município desenvolveu um trabalho que causou impacto e mobilizou e alertou quanto aos riscos e medidas simples que se pode fazer para o controle da Dengue”, finalizou a enfermeira e Coordenadora de Epidemiologia e Vigilância em Saúde de Malacacheta, Gilda Lopes Cordeiro.

Por Lineu Cardoso.

Regional de Pedra Azul realiza capacitação em Sala de Vacina

Foto: Zeilzia Silva.

Foto: Zeilzia Silva.

A Gerência Regional de Saúde de Pedra Azul realizou, no período de 21 a 25 de setembro, no município de Jequitinhonha, o curso de atualização para o trabalhador em sala de vacinação. O curso teve como objetivo a atualização dos profissionais e o aprimoramento dos conhecimentos técnicos sobre esquema de vacinação, eventos adversos, funcionamento da rede de frio, organização, limpeza e manutenção da sala de vacinação, além de administração de vacinas e soros, entendendo sua eficácia e avaliação de resultados.

O curso, que foi realizado pelo coordenador de Epidemiologia da GRS Pedra Azul, Davidson Rodrigues, e pela autoridade sanitária da Vigilância em Saúde, Zeilzia Silva, contou com a participação de enfermeiros dos municípios de Felizburgo, Jequitinhonha, Joaíma, Palmópolis e Rio do Prado.

Sala de Vacinação

A sala de vacinação é o local destinado à administração dos imunobiológicos, cujas atividades devem ser desenvolvidas por uma equipe de enfermagem, com capacitação específica no manuseio, conservação e aplicação dos imunobiológicos. A meta operacional básica é a vacinação de 100% das crianças menores de um ano, com todas as vacinas indicadas no esquema de vacinação, e também a outros grupos populacionais conforme a priorização, objetivando o controle, eliminação e erradicação de doenças evitáveis pela vacinação.

 

Por Allan Campos