Dia Nacional de Luta pelos Direitos das Pessoas com Doenças Falciformes

By | 27 de outubro de 2015

27deoutubro-DiaNacionaldeLutapelosDireitosdasPessoascomDoençasFalciformes

Nesta terça-feira (27/10) é celebrado o Dia Nacional de Luta pelos Direitos das Pessoas com Doenças Falciformes. Também chamada de anemia falciforme, a doença é hereditária e ocorre predominantemente na população negra. Além disso, a pessoa com esta doença pode apresentar anemia crônica e dores pelo corpo devido à má circulação.

Caracterizada pela alteração das hemácias (glóbulos vermelhos do sangue), a Doença Falciforme faz com que as células prejudiquem a circulação sanguínea nos vasos e esse bloqueio impede que o oxigênio chegue de forma adequada aos tecidos, desencadeando uma série de problemas.

Para identificar a doença, o Teste do Pezinho é fundamental. O exame é fornecido pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e deve ser realizado em bebês de até 30 dias de vida e é feito a partir da coleta de sangue do calcanhar da criança.  Procure a Unidade Básica de Saúde mais próxima e se informe!

Em tempo 

No Brasil estima-se que 25 mil a 50 mil pessoas sejam portadoras da doença que apresenta mortalidade precoce. O tratamento é feito por meio do uso de vacinação e penicilina nos primeiros cinco anos de vida, além do uso regular de ácido fólico, medicamentos para dor e, em alguns casos, transfusões de sangue são realizadas como profilaxia às infecções que a doença gera no organismo.

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) por meio do Ministério da Saúde disponibiliza o Manual de Diagnostico e Tratamento de Doenças Falciformes. O arquivo tem como objetivo auxiliar profissionais de saúde a transmitir as informações necessárias de forma objetiva, bem como melhorar a assistência médica dos portadores da Anemia Falciforme.

Deixe uma resposta