#SaúdeNaMesa: Campanha promove adoção de hábitos alimentares saudáveis

By | 16 de março de 2016

banner_brasil saudavel_2016

Promover alimentação saudável e alertar quanto aos riscos oferecidos à saúde pela má alimentação. Esses são alguns dos objetivos da campanha Brasil Saudável e Sustentável, uma iniciativa do Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) e parceiros, lançada nessa terça-feira (15/03), no Rio de Janeiro. A campanha irá promover ações para estimular as pessoas a optarem por hábitos alimentares mais saudáveis e destacar as vantagens de consumir produtos locais frescos, cultivados em agricultura familiar, de produção orgânica ou agroecológica.

De acordo com o Ministério da Saúde (Pesquisa Nacional de Saúde), 57% da população brasileira adulta está com excesso de peso e 21,3%, obesa. Quanto às crianças, mais de um terço com idade de 5 a 9 anos, estão com excesso de peso e 14,3% estão obesas, segundo pesquisa realizada pelo IBGE com apoio do Ministério da Saúde.

Vilões da alimentação

Em meio a esse contexto de alerta no que se refere à alimentação da população brasileira, a campanha Brasil Saudável e Sustentável vai direcionar o alerta para os seguintes alimentos, considerados vilões neste cenário:

  • Alimentos ultraprocessados (vendidos prontos para consumir), como por exemplo, biscoitos recheados, salgadinhos de pacote, presunto, mortadela entre outros;
  • Alimentos prontos para aquecer, como lasanhas, pizzas ou macarrão instantâneo;
  • bebidas açucaradas, como refrigerantes e sucos de caixa

Esses alimentos, além de apresentarem conservantes, corantes e outras substâncias químicas em sua composição, também apresentam grande quantidade de açúcar, gordura e sódio, que podem trazer prejuízos à saúde da população. Vale destacar que o calendário das ações da campanha Brasil Saudável e Sustentável teve início no dia 15 de março, passará pela Olimpíada Rio 2016 e irá até maio de 2017.

Deixe uma resposta