#SUSParaTodos: 1ª Conferência Nacional Livre de Comunicação em Saúde debate Defesa do SUS

By | 19 de abril de 2017

1a conferencia_saude_comunicao

De 18 a 20 de abril, em Brasília-DF, acontece a 1ª Conferência Nacional Livre de Comunicação em Saúde. O tema deste ano é “Direito à informação, garantia de direito à saúde” que traz, entre outras coisas, os desafios de se defender e promover o Sistema Único de Saúde (SUS) nos mais variados meios de comunicação, sobretudo nas redes sociais.

Durante a abertura da Conferência, presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS), Ronald Santos, afirmou que a relevância do direito à saúde e à comunicação, pilares da democracia, reflete-se no grande público presente à conferência formado por comunicadores especializados em saúde, conselheiros de saúde, estudantes, assessores de comunicação das secretarias de saúde, parlamentares, blogueiros, entre outros.

Para Ronald, o principal desafio do Brasil no momento é garantir a manutenção da democracia e de direitos como o acesso à saúde e a liberdade de comunicação. “Precisamos juntar nossas energias para que esses elementos que traduzem nossa evolução civilizatória não deixem de existir. São irmãos ciameses, que não vivem separadamente”, disse. Para ler a matéria completa, clique aqui.

Participando da Mesa 1, nesta quarta-feira (19/04), sobre “Desafios da comunicação em saúde”, o ex-ministro da Saúde, Alexandre Padilha criticou a cobertura dos veículos de comunicação privados a respeito dos assuntos relacionados à saúde pública. “Não esperem condescendência por parte da mídia privada na cobertura de saúde pública. (…) Há um compromisso claro dessa mídia em desestabilizar a política, de não dar destaque de forma positiva para as ações que são feitas pelo SUS, mesmo quando elas são exitosas e pioneiras em todo o mundo. (…) A mídia monopolista inventou uma epidemia de febre amarela. Isso levou à corrida pela vacina até de quem não precisava, vacinou”, revela.

» Acompanhe a cobertura em tempo real da conferência pelo perfil no Twitter @ComunicaCNS.

» Abaixo, confira o vídeo da transmissão ao vivo das primeiras mesas de debate:

Deixe uma resposta