#Tecnologia: Aplicativo e-SAÚDE quer aproximar o cidadão aos serviços do SUS

By | 13 de junho de 2017

hands texting with mobile phones in cafe

Recentemente, o Governo Federal lançou o aplicativo e-SAÚDE, novo canal de comunicação entre o Sistema Único de Saúde (SUS) e o cidadão. O aplicativo foi criado pelo Departamento de Informática do SUS (DATASUS) e oferece, de forma online, informações em saúde de uso pessoal e restrito a cada cidadão brasileiro, como o acesso aos dados do cartão nacional de saúde, lista de medicamentos retirados nas unidades de saúde, acompanhamento do cartão de vacinação, lista de exames realizados, além de outras informações.

De acordo com os organizadores, o aplicativo foi criado com o objetivo de aproximar o cidadão aos serviços/programas de saúde pública distribuídas em todo o Brasil, entre elas: farmácia popular, postos de saúde, serviços de urgência, academia da saúde, hospital, maternidade, centro de atenção psicossocial, maternidade e centro de especialidade. Basta o cidadão acessar as informações de onde ele se encontrar, que o aplicativo vai apontar o melhor local para o atendimento.

Além disso, o cidadão vai poder fazer denúncias online por meio da Ouvidoria do SUS 136. Nessa opção, ele pode relatar queixas de atendimentos, além de questionar possíveis atendimentos não realizados e que constam no cadastro do usuário do SUS. Para o funcionamento do aplicativo e-Saúde, o Ministério da Saúde está interligando os sistemas de informação do SUS que já estão em funcionamento. A ferramenta já conta com informações do Hórus, Hemovida, Cartão SUS, CNES, e-sus AB, Ouvidoria e o Sistema DE Informação do Programa Nacional de Imunização (SIPNI).

Fonte: Ministério da Saúde / Adaptação.

Deixe uma resposta