#PreservativoFeminino: Tire suas dúvidas e empodere-se!

By | 19 de setembro de 2017

Com uso ainda pouco difundido entre as mulheres, o preservativo feminino chegou ao mercado brasileiro em dezembro de 1997, ano em que Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou seu registro para comercialização e é distribuído gratuitamente em todo o território nacional desde 2000.

O Brasil é o país que mais compra preservativos femininos no mundo, via governo federal. O Ministério da Saúde distribui por ano mais de 10 milhões de camisinhas femininas gratuitamente, para toda a rede do Sistema Único de Saúde (SUS)Parece muito, mas não é, se comparado à quantidade de preservativos masculinos distribuídos. Em 2016, só o Ministério da Saúde distribuiu gratuitamente 375 milhões de camisinhas masculinas. Isso sem contar o que foi comercializado em farmácias, lojas de conveniência e supermercados.

Fonte: Adaptação do Blog da Saúde

Deixe uma resposta