#Documentário: Filme sobre “Mais Médicos” mostra o impacto do programa no interior do Brasil

By | 29 de setembro de 2017
mais medicos_medicos cubanos_documentário

Cena do documentário “Vem de Cuba”. Foto: Reprodução.

Criado em 2013, o programa Mais Médicos foi duramente criticado pelo colégio médico brasileiro, sobretudo por “importar” médicos cubanos para trabalharem no Brasil, devido à falta de profissionais da saúde no interior do país. Os jornalistas André Neves Sampaio, Felipe Rousseaux de Campos Mello, junto com o fotógrafo José Vessoni, quiseram desvendar o polêmico programa. Entraram em contato com Raúl Hernadez e Marlon Marinho, dois médicos cubanos integrantes do Mais Médicos na cidade litorânea de São Miguel do Gostoso, Rio Grande do Norte, e registraram o dia a dia dos profissionais com a comunidade local.

O filme “Vem de Cuba – Um retrato do programa Mais Médicos em São Miguel do Gostoso”, lançado online nesta última segunda-feira (25/09), mostra a relação dos médicos estrangeiros com os moradores da comunidade interiorana do Brasil, as principais dificuldades de se implantar a medicina preventiva em uma cidade tão pequena quanto influenciada pela religiosidade, e os impactos do programa na vida dos brasileiros atendidos.

O projeto também discute a medicina pela ótica cubana, uma técnica humanitária e comunitária, que busca colocar o profissional como um membro da comunidade. Segundo a equipe, a ideia da produção é, acima de tudo, divulgar e realizar o lançamento do filme em uma plataforma de mídia de livre acesso, para que que o debate sobre o programa Mais Médicos e a saúde pública ganhe força diante da ofensiva de desmontes da conjuntura atual. Abaixo, assista o documentário na íntegra:

Fonte: Blog Nocaute.

Deixe uma resposta