#AgenteComunitárioDeSaúde: Conheça o trabalho desse profissional da Atenção Primária à Saúde

By | 4 de outubro de 2017

Dia Nacional do Agente Comunitário de Saúde

Você sabia que o trabalho do Agente Comunitário de Saúde (ACS) é considerado uma extensão dos serviços de saúde dentro das comunidades? O ACS está próximo dos problemas que afetam a comunidade, é alguém que se destaca pela capacidade de se comunicar com as pessoas e pela liderança natural que exerce.

O trabalho do ACS favorece a transformação de situações-problema que afetam a qualidade de vida das famílias, como aquelas associadas ao saneamento básico, destinação do lixo, condições precárias de moradia, situações de exclusão social, desemprego, violência intra familiar, drogas lícitas e ilícitas, acidentes etc, e objetivam contribuir para a qualidade de vida das pessoas e da comunidade.

As principais atividades desempenhadas pelos Agentes Comunitários de Saúde são:

  • Identificar áreas e situações de risco individual e coletivo;
  • Encaminhar as pessoas aos serviços de saúde sempre que necessário;
  • Orientar as pessoas, de acordo com as instruções da equipe de saúde;
  • Acompanhar a situação de saúde das pessoas, para ajudá-las a conseguir bons resultados.

Esses profissionais estão inseridos na Atenção Primária à Saúde (APS), que engloba ações de promoção e proteção da saúde, prevenção de agravos, diagnóstico, tratamento, reabilitação e manutenção da saúde. Essas ações, desenvolvidas por uma equipe de saúde, são dirigidas a cada pessoa, às famílias e à coletividade ou conjunto de pessoas de um determinado território.

A APS pode resolver os problemas de saúde mais comuns e frequentes da população, reduzindo os danos ou sofrimentos e contribuindo para uma melhor qualidade de vida das pessoas acompanhadas.

Além dos princípios e diretrizes do SUS, a APS orienta-se também pelos princípios da acessibilidade, vínculo, continuidade do cuidado (longitudinalidade), responsabilização, humanização, participação social e coordenação do cuidado, produzindo um vínculo entre a Equipe de Saúde da Família e o cidadão.

Uma das estratégias da Atenção Primária à Saúde é a Saúde da Família, que é feita por uma equipe composta por profissionais de diferentes categorias (multidisciplinar) trabalhando de forma articulada (interdisciplinar), que considera as pessoas como um todo, levando em conta suas condições de trabalho, de moradia, suas relações com a família e com a comunidade.

Cada equipe da APS é composta, minimamente, por um médico, um enfermeiro, um auxiliar de enfermagem ou técnico de enfermagem e Agente Comunitário de Saúde (ACS), cujo total não deve ultrapassar a 12 profissionais.

Na Atenção Primária à Saúde, equipes e famílias compartilham a responsabilidade pela saúde, o que reforça a participação popular e o controle social.

Conheça mais sobre a Atenção Primária à Saúde e sobre o trabalho do ACS: http://www.saude.mg.gov.br/sus

Deixe uma resposta