#FAQ: Tire suas dúvidas sobre o Teste Rápido de HIV

By | 21 de dezembro de 2017

banner teste HIV

Muita gente não sabe, mas a infecção pelo HIV pode ser detectada com, pelo menos, 30 dias a contar da situação de risco. Isso porque o exame (o laboratorial ou o teste rápido) busca por anticorpos contra o HIV no sangue. Esse período é chamado de janela imunológica. O diagnóstico da infecção pelo HIV é feito a partir da coleta de sangue.

Se por algum motivo você teve relação sexual sem preservativo ou passou por alguma situação de risco, é muito importante fazer a testagem rápida de HIV/Aids, hepatite, sífilis, além de outras IST’s nas Unidades de Saúde e nos Centros de Testagem.

Além disso, se você compartilhou seringas e objetos cortantes, é importante lembrar que também o SUS garante Teste Rápido nas suas Unidades de Saúde para que, qualquer pessoa, possa iniciar o tratamento gratuito destas IST’s o mais rápido possível.

Mas, quando se trata do Teste Rápido, as dúvidas são muitas. Por isso, o Blog da Saúde traz algumas perguntas frequentes sobre o tema. Confira:

Onde o teste é realizado?
Para realizar o teste gratuitamente, basta ir até um Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA). Além do teste para o HIV, é possível realizar o exame para identificar sífilis e hepatites B e C. Em Minas Gerais, os CTA estão presentes em 62 municípios do estado de Minas Gerais. Clique aqui e acesse a lista completa de municípios.

Como funciona o teste?
É como se fosse um exame de glicose. Por meio de uma agulha fina e indolor, é retirada uma pequena quantidade de sangue, que é colocada no orifício do aparelho.

Posso fazer o teste de forma anônima?
Sim, os exames podem ser feitos de forma anônima. Nos CTA, além da coleta e da execução dos testes, há um processo de aconselhamento, antes e depois do teste, para facilitar a correta interpretação do resultado pelo paciente.

Em quanto tempo sai o resultado?
Entre 30 minutos e uma hora. Se o resultado for positivo, aparece uma linha no visor do aparelho utilizado para a coleta do sangue.

O que é feito após o resultado?
Quando a infecção é comprovada, o paciente recebe a orientação necessária e é encaminhado para um serviço de saúde, onde terá o acompanhamento adequado. Se for negativo, o médico reforça a importância da prevenção.

Quem deve fazer o teste?
A recomendação é que toda pessoa com vida sexual ativa realize o teste.

Quanto tempo esperar para realizar o teste após suspeita de infecção?
O Ministério da Saúde orienta que a pessoa espere entre 30 e 60 dias após a suspeita de exposição ao vírus para a realização do teste. Nesse intervalo de tempo, ocorre a produção de anticorpos anti-HIV no sangue, que confirma a infecção.

Saiba mais sobre HIV e outras IST: http://www.saude.mg.gov.br/sexoseguro

Com informações do Portal Brasil.

Deixe uma resposta