#SaúdeNoTrânsito: Se beber, não dirija!

By | 9 de fevereiro de 2018
Arte: Deise Meireles

Arte: Deise Meireles

Se quiser curtir a folia na rua em sua própria cidade, deixe o carro em casa. Mas, caso vá viajar, todo o cuidado é pouco nesta época do ano: durante o carnaval, o número de veículos nas estradas aumenta, e consequentemente os riscos de acidentes.

Segundo Paulo Roberto Carreiro, médico cirurgião do Hospital João XXIII, quanto maior a velocidade, mais graves serão as lesões causadas pela batida. “Na hora do impacto, a velocidade do veículo se converte em energia a ser transmitida para o corpo dos ocupantes, e é a quantidade desta energia que determina a gravidade dos ferimentos”, explica ele.

De acordo com a Organização Mundial de Saúde, 90% dos acidentes de trânsito são causados por falha humana. Para reduzir as chances disto acontecer, tome os seguintes cuidados:

  • Realize manutenção preventiva do veículo antes de viajar;
  • Não dirija em alta velocidade;
  • Jamais dirija sob efeito de álcool;
  • Mantenha a distância segura em relação ao veículo da frente;
  • Não realize ultrapassagem à direita;
  • Use cinto de segurança;
  • Crianças devem ser transportadas com a utilização de equipamentos de segurança adequados à idade, peso e altura;
  • Objetos e bagagens devem ser transportados no porta-malas. Em uma colisão, o objeto solto pode ser arremessado no interior do veículo e seu peso é multiplicado por 50 vezes, ou mais, dependendo da velocidade.

Fonte: Fhemig

Deixe uma resposta