#SUSParaTodas: Gestantes de baixa renda podem receber repelentes gratuitos pelo SUS

By | 28 de fevereiro de 2018
Foto: Pixabay / Reprodução.

Foto: Pixabay / Reprodução.

As gestantes que participam do Programa Bolsa Família têm direito a receber repelentes para proteção contra o mosquito Aedes Aegypti, que transmite vírus da Dengue, Zika e Chikungunya. As doenças estão ligadas à ocorrência de microcefalia em recém-nascidos. Atualmente, são 484 mil grávidas inscritas para receber o benefício pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

De acordo o Ministério da Saúde, dos 15,9 milhões de frascos adquiridos em fevereiro do ano passado, 92,4% já foram entregues. O cronograma conta com a conclusão das entregas desse lote até março deste ano.

Como solicitar?

  • O frasco será entregue a gestantes beneficiárias do programa Bolsa Família que fazem pré-natal no SUS;
  • A gestante deve ir a um Posto de Saúde (Unidade Básica de Saúde) ou aos Centros de Referência de Assistência Social;
  • Há o limite de retirada de dois frascos por mês.

Como usar?

De acordo com o Ministério da Saúde, a aplicação nas áreas do corpo que são expostas ao sol deve ser reforçada a cada dez horas, mas o uso de repelentes não deve ser a única medida a ser tomada para evitar a transmissão das doenças. A melhor maneira de se proteger contra o mosquito é eliminando seus criadouros.

É importante que as gestantes adotem ainda medidas simples que possam evitar o contato com o Aedes aedypti, como se proteger da exposição de mosquitos, manter portas e janelas fechadas ou teladas, usar calça e camisa de manga comprida, entre outras.

Para outras informações, acesse: www.saude.mg.gov.br/aedes

 

 

Fonte: Portal Brasil.

Deixe uma resposta