#Curiosidades: 15 dicas para evitar a conjuntivite e manter a saúde dos olhos

By | 14 de março de 2018
Por Jéssica Gomes / SES-MG
Foto: iStcok / Reprodução.

Foto: iStcok / Reprodução.

Olhos avermelhados e lacrimejantes, pálpebras inchadas e avermelhadas, secreção esbranquiçada e sensação de areia nos olhos. Estes são os principais sintomas da conjuntivite, doença que normalmente tem duração de 15 dias até a evolução para a cura. Vírus e bactérias podem ser causadores da conjuntivite, além de reações alérgicas a poluentes ou substâncias irritantes como fumaça, cloro de piscinas, produtos de limpeza ou maquiagem. Outra forma comum é a conjuntivite primaveril, ou febre do feno, geralmente causada por pólen espalhado no ar.

  • Para ler a matéria completa no site da SES-MG, clique aqui.

O recomendado que o paciente se afaste temporariamente de ambientes coletivos. “Recomenda-se cuidados de higiene pessoal, como lavar com frequência as mãos e o rosto com água e sabão, evitar coçar os olhos, usar, quando possível, lenços e toalhas descartáveis e/ou individuais. Utilizar travesseiros individuais e evitar o uso de objetos pessoais de pessoas com conjuntivite também está dentro do recomendado”, explica a referência técnica do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (CIEVS Minas), Soraia Zardini de Morai.

Lembrando que todo caso de conjuntivite deve ser encaminhado ao serviço de saúde para diagnóstico e orientações para o tratamento e controle da doença. Abaixo, confira 15 dicas para evitar a doença:

Deixe uma resposta