#Tecnologia: Aplicativo SIPDEC-MG emite alerta sobre tempestades em Minas Gerais

By | 20 de março de 2018

app_alerta_chuva

No início do ano, o Governo de Minas Gerais lançou um aplicativo que emite um alerta para o usuário sobre os risco de tempestades, deslizamentos de terra, rompimento de barragens, entre outros, para que o cidadão possa evitar áreas de risco durante temporais. Trata-se do SIPDEC-MG – Sistema Integrado de Proteção e Defesa Civil de Minas Gerais, que também divulgará ações de mobilização para ajudar quem precisa e campanhas de arrecadação e distribuição de itens para regiões afetadas por desastres.

“Esse aplicativo vai estabelecer um canal de comunicação direto com a população. A grande motivação é que a gente possa dar credibilidade nas informações. Hoje somos muito vítimas de notícias falsas e que, às vezes, geram um determinado pânico e, por isso, a Defesa Civil está criando esse canal direto”, afirmou coordenador estadual da Defesa Civil e chefe do Gabinete Militar do Governador, coronel Fernando Arantes.

  • Clique aqui e confira as informações do hotsite #AlertaChuva.

O objetivo é fortalecer as redes de assistência social e integrar ainda mais o Sistema Estadual de Proteção e Defesa Civil em toda Minas Gerais. Os avisos meteorológicos e os alertas serão enviados pelas equipes da Coordenadoria Estadual de Defesa Civil, que monitoram 24 horas por dia as situações de risco em todas as regiões do estado.

Já as informações de como ajudar, locais de entrega de donativos e campanhas de mobilização serão disponibilizadas pelo Serviço Voluntário de Assistência Social (Servas). Posteriormente, outras instituições e serviços serão incluídos no aplicativo.

Disponibilizado gratuitamente, o aplicativo está disponível para download nas plataformas Android (Google Play) e iOS (App Store). A ferramenta foi idealizado pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec/MG), em parceria com o Servas (Serviço Voluntário de Assistência Social), e desenvolvido pela Polícia Militar de Minas Gerais (PMMG) com o apoio da Prodemge (Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais). Abaixo, confira mais informações:

Fonte: Agência Minas.

Deixe uma resposta