#Curiosidade: Por que é importante doar leite materno no BLH?

By | 28 de março de 2018
Créditos: Alexandra Marques - Fhemig

Créditos: Alexandra Marques / Fhemig

Você já ouviu falar sobre  amamentação cruzada? Não. Então, preste atenção neste assunto que é muito importante, principalmente se você for lactante ou necessita de leite materno para o seu filho.

Não é aconselhado que as mulheres amamentem crianças que não são seus filhos, pois pode ocorrer o que é chamado de amamentação cruzada – quando a mulher ou o bebê possuem alguma doença que pode ser transmitida pela amamentação. É importante ressaltar que a criança amamentada pela própria mãe já recebeu anticorpos para algumas doenças durante a gestação e está protegida.

  • Clique aqui e confira uma nota de esclarecimento do Conselho Federal de Enfermagem (Cofen) sobre Amamentação Cruzada.

Por isso, caso conheça um bebê que necessita de leite materno, o Ministério da Saúde – responsável por gerir as diretrizes nacionais do Sistema Único de Saúde (SUS), recomenda buscar um Banco de Leite Humano (BHL) ou uma Unidade Básica de Saúde para orientações à mãe, a lactante e ao bebê. Em Belo Horizonte, por exemplo, às mamães que precisam ou que querem doar leite, podem recorrer ao Banco da Maternidade Odete Valadares.

Alguns motivos podem impossibilitar que a mãe ou o bebê participem da amamentação, como por exemplo, crianças prematuras e/ou de baixo peso que estão internadas. Quando isso acontece é necessário alimentar os recém-nascidos com leite doado por outras lactantes. Por isso, é tão importante manter os estoques de leite cheios.

Antes de chegar aos recém-nascidos, o leite doado, passa por testes de qualidade e por um processo de pasteurização. Como é destinado a crianças com estado de saúde frágil, o leite não pode apresentar microrganismos capazes de representar riscos à saúde.

✍ Clique aqui e saiba mais sobre doação de leite materno.

 

Deixe uma resposta