#VocêSabia: Dona Ivone Lara dedicou maior parte de sua vida à saúde pública

By | 17 de abril de 2018
Dona Ivone Lara em dezembro de 2015 - Divulgação.

Dona Ivone Lara em dezembro de 2015 – Divulgação.

Com a morte da cantora e compositora Dona Ivone Lara, o Brasil não perde somente um dos maiores nome do samba nacional. Poucos sabem, mas Ivone Lara dedicou a maior parte de sua vida adulta à área da saúde pública.

Já aos 17 anos, começou a estudar na Escola de Enfermagem Alfredo Pinto e passou a trabalhar como plantonista de emergência. Aos 25, foi contratada pelo Instituto de Psiquiatria do Engenho de Dentro. Especializada em terapia ocupacional, Ivone Lara trabalhou no Serviço Nacional de Doenças Mentais com a doutora Nise da Silveira, médica que revolucionou o tratamento psiquiátrico no Brasil.

Ivone Lara teve papel fundamental na revolução empreendida por Nise da Silveira. A outrora enfermeira percorreu quilômetros de estrada pelos municípios do Rio e estados vizinhos, localizando mães, pais, avós e tios que haviam abandonado seus familiares no hospital, acreditando que não havia mais nada a ser feito por eles – afinal, esse era o diagnóstico que ouviam dos próprios médicos.

ivone-lara-engenho-de-dentro

Acervo família da artista, s/d

Ivone também colaborou para que a música pudesse ser remédio para aquelas pessoas, usando seus contatos para conseguir  patrocínio e comprar instrumentos musicais para o Engenho de Dentro. Com isso, criou uma oficina de música, que passou a apoiar festas e eventos de socialização entre os pacientes, seus familiares e os funcionários do hospital. Na oficina  estão as raízes mais profundas de um bloco de carnaval, o Loucura Suburbana, que até hoje desfila anualmente pelas ruas vizinhas ao hospital.

Ivone Lara permaneceu por 37 anos no Instituto de Psiquiatria do Engenho de Dentro  – hoje Instituto Municipal Nise Da Silveira – até se aposentar. Somente aos 56 anos de idade, Ivone passou a dedicar-se exclusivamente à música, lançando em 1978 seu primeiro disco, “Samba Minha Verdade, Samba Minha Raiz”. Dona Ivone Lara morreu na noite desta segunda-feira (16/04), no Rio de Janeiro com uma parada cardiorrespiratória. A sambista estava internada desde a última sexta-feira — dia em que completou 97 anos — quando deu entrada com quadro de anemia.

No filme "Nise - O Coração da Loucura", Ivone Lara foi interpretada pela atriz Roberta Rodrigues.

No filme “Nise – O Coração da Loucura”, Ivone Lara foi interpretada pela atriz Roberta Rodrigues.

Fonte: O Globo e Blog Daniela Name

Deixe uma resposta