#FiquePorDentro: Uso de mercúrio está proibido em produtos para a saúde

By | 11 de janeiro de 2019

Termômetro de mercúrio: Com certeza você conhece, já usou e até mesmo tem na sua casa. Porém, desde o dia 01º de janeiro desse ano, está em vigou a Resolução da Diretoria Colegiada RDC 145/2017, que proíbe em todo o território nacional a fabricação, importação e comercialização, assim como o uso em serviços de saúde, dos termômetros e esfigmomanômetros com coluna de mercúrio.

Você sabia? O impacto da contaminação do meio ambiente por mercúrio está diretamente ligado aos riscos para a saúde humana provocados pela exposição a este elemento químico. De acordo com o estudo Diagnóstico Preliminar sobre o Mercúrio no Brasil, a exposição a 1,2 mg de mercúrio por algumas horas pode causar bronquite química e fibrose pulmonar em seguida (Sigeyuki et al., 2000).

Termômetro Digital

Os termômetros e esfigmomanômetros com coluna de mercúrio já vêm sendo substituídos no Brasil por outras tecnologias. De acordo com um levantamento de dezembro de 2018, apenas três termômetros com coluna de mercúrio tinham registro na Anvisa, enquanto foram identificados 64 registros de termômetros digitais.

Esse mesmo levantamento mostrou que existiam apenas dois registros de medidor de pressão com coluna de mercúrio contra 50 registros de esfigmomanômetros que não usam essa substância.

E o uso doméstico? 

Os termômetros digitais vêm substituindo os termômetros com mercúrio há alguns anos. Apenas dois produtos desse tipo ainda têm registro no Brasil. No entanto, como é um produto sem prazo de validade, é possível que algumas pessoas ainda tenham este tipo de artigo em casa. 

No entanto, é importante um manuseio correto e sempre feito por um adulto, para evitar acidentes com esse tipo de termômetro. Contudo, veja como proceder em casos de acidente doméstico com esse produto:

Com informações da Anvisa

Deixe uma resposta