#Gastrite: Saiba como evitar

By | 23 de outubro de 2019
Créditos: Banco de Imagem FreePik

Créditos: Banco de Imagem FreePik

Por Ana Rita Fernandes

Gastrite é uma inflamação da mucosa interna do estômago. Pode ser aguda – quando repentina e temporária, ou crônica – quando se instala vagarosamente e leva muito tempo para ser controlada. Normalmente, causa má digestão, queimação, refluxo, mas pode ser também assintomática.

Causas

São várias as causas que podem levar à gastrite. Entre elas, é importante destacar:

  • Uso prolongado do ácido acetilsalicílico e de anti-inflamatórios como nimesulida e diclofenaco de sódio;
  • Consumo de bebidas alcoólicas – o consumo exacerbado de bebidas alcoólicas irrita o revestimento do estômago (mucosa), o que eleva os danos causados pelos sucos gástricos produzidos para a digestão.
  • Estresse – Pode aumentar a produção do suco gástrico e elevar a irritação na parede do estômago.
  • Gastrite autoimune: a doença ocorre quando o sistema imune produz anticorpos que agridem e destroem as células gástricas do próprio organismo;
  • Infecção pela bactéria Helicobacter pylori, popularmente conhecida como H.pylori.

Sintomas

A dor da gastrite começa logo abaixo do osso esterno e, comumente, é mencionada como dor na “boca do estômago”. Pode vir acompanhada de azia ou queimação e, muitas vezes, piora quando a pessoa se deita depois de refeição rica em açúcares ou gorduras. Perda do apetite, náuseas e vômitos também são sintomas de gastrite, assim como a presença de sangue nas fezes e no vômito.

Diagnóstico

Para chegar ao diagnóstico da gastrite são fundamentais o histórico clínico e, em caso de suspeita, uma endoscopia. O paciente deve realizar uma consulta com um clínico geral que indicará, caso necessário, uma consulta com um especialista da área, o gastroenterologista.

Pelo SUS, a consulta com gastroenterologista é realizada por meio do encaminhamento do médico da família ou clínico geral da Unidade Básica de Saúde (UBS) ou também chamado Posto de Saúde.

Tratamento

O tratamento da gastrite deve levar em conta a sua causa e, além dos medicamentos prescritos pelo médico, é possível contornar o problema melhorando a alimentação e o estilo de vida.

Como evitar os sintomas da gastrite

  • Observar os horários das refeições e fazê-las de forma assídua e tranquila;
  • Fazer pequenas refeições ao longo do dia e não uma grande após horas em jejum;
  • Fazer uma boa mastigação dos alimentos; de preferência frutas menos ácidas, verduras e carnes magras;
  • Evitar fumar;
  • Evitar tomar analgésicos;
  • Evitar o uso indiscriminado de anti-inflamatórios sem prescrição médica;

Evitar a ingestão de:

  • café, chá mate, bebidas alcoólicas ou cafeinadas, refrigerantes;
  • chocolate, sal em excesso, enlatados, embutidos, pimenta-do-reino, leite e derivados, frituras e
    gorduras em excesso.

 

Deixe uma resposta