Câncer Bucal: A prevenção está no cuidado

By | 7 de novembro de 2019

Por Ana Rita Fernandes

De 4 a 8 de novembro, a SES-MG está promovendo a Semana Nacional de Prevenção do Câncer de Boca, para lembrar o quanto é importante manter a saúde bucal e alertar sobre os sintomas da doença, medidas preventivas e tratamentos, além de orientar sobre os serviços de saúde bucal, disponíveis para a população no Sistema Único de Saúde (SUS).

Mais comum em homens acima de 40 anos, esse tipo de câncer é um tumor maligno que acomete os lábios, língua, assoalho da boca (embaixo da língua), palato (céu da boca), gengiva, amígdala e glândulas salivares.

É resultante de um distúrbio no processo de renovação do tecido epitelial que pode gerar um tumor e se disseminar pelo corpo. Esse distúrbio pode ocorrer em função da influência de fatores de risco como tabagismo, consumo regular de bebidas alcoólicas, exposição ao sol sem proteção, infecção pelo vírus HPV quando transmitido por sexo oral, etc.

Sintomas

Os principais sinais que devem ser observados são:

  • Lesões na cavidade oral ou nos lábios que não cicatrizam há mais de 15 dias.
  • Manchas ou placas vermelhas ou esbranquiçadas na língua, gengivas, palato (céu da boca), mucosa da bochecha.
  • Nódulos (caroços) no pescoço.
  • Rouquidão persistente.

Nos casos mais avançados observam-se os seguintes sintomas:

  • Dificuldade de mastigação e de engolir.
  • Dificuldade na fala.
  • Sensação de que há algo preso na garganta.

Ao identificar um ou mais desses sinais, a pessoa deve buscar o serviço de saúde bucal do SUS, realizado em uma Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima da sua residência, (ou seu dentista particular) para a investigação por um profissional de saúde.

Quando o câncer é diagnosticado em sua fase inicial existe muita chance de cura, mas com a progressão da doença a possibilidade de cura se reduz. A maioria dos casos é diagnosticada em estágios avançados.

Portanto, quanto mais cedo o diagnóstico, maior é a chance de cura. Por isso, o atendimento odontológico prestado pelos profissionais das UBSs englobam ações de prevenção, promoção à saúde, cuidado e acompanhamento do usuário durante o tratamento. Além disso, no acolhimento e nas consultas realizadas, os especialistas também atentam para os principais sinais e sintomas do Câncer Bucal, buscando identificar, precocemente, as alterações existentes para que diagnóstico e tratamento possam ser feitos de forma ágil e adequada.

Prevenção

A prevenção é feita mantendo hábitos saudáveis e evitando os comportamentos de risco.

– Higiene bucal realizada com frequência.

– Não fumar e nem mascar tabaco.

– Evitar o consumo de bebidas alcoólicas.

– Usar chapéu e protetor labial em caso de exposição constante ao sol.

– Fazer uso de preservativos durante a prática de sexo oral.

– Vacinar contra o HPV nas faixas etárias indicadas.

– Consultar frequentemente com um dentista.

Créditos: Divulgação BVS

Créditos: Divulgação BVS

 

Deixe uma resposta