#Estaçãochuvosa: Aumenta o risco de Leptospirose

By | 9 de janeiro de 2020

Por Ana Rita Fernandes

Doença infecciosa humana, a Leptospirose é causada pela exposição do indivíduo, direta ou indireta, à urina de animais infectados pela bactéria de nome Leptospira, por meio do contato com água, solo ou alimentos contaminados. É considerada aguda e grave porque a Leptospira afeta todos os órgãos e sistemas do corpo humano e inflama todos os vasos sanguíneos do doente.

Na ocasião das chuvas, o risco de contaminação é mais elevado com a ocorrência de enchentes e enxurradas. Qualquer pessoa pode ser infectada; não só por meio de arranhões ou ferimentos, mas também através da pele íntegra, quando imersa por períodos mais longos em água ou lama contaminada. O contato com esgotos, lagoas, rios e terrenos baldios também pode ocasionar a infecção.

Sintomas

A doença pode ser assintomática.

Quando se instalam, os principais sintomas são:

  • Febre alta repentina;
  • Calafrios;
  • Dor de cabeça, cansaço, mal-estar e apatia;
  • Dor muscular pelo corpo, principalmente nas panturrilhas e tórax;
  • Vômitos, diarreia e tosse também podem ocorrer.

Geralmente, a leptospirose costuma regredir em três ou quatro dias com medicação e outros cuidados médicos.

Contudo, pode ser uma melhora momentânea, necessitando atenção redobrada pela possibilidade de agravar-se e evoluir para um quadro de desidratação, icterícia (pigmentação amarela ou verde da pele e da parte branca do olho) – considerada um sinal característico, aparecendo entre o 3º e o 7º dia da doença – hemorragias, complicações renais, coma, exantemas (manchas vermelhas no corpo), miocardite, pancreatite, meningite e até mesmo óbito.

Prevenção

Algumas medidas podem evitar o acometimento pela Leptospirose.

  • Lavar as mãos com regularidade e ensinar às crianças a fazerem o mesmo;
  • Impedir as crianças de nadar ou brincar em enxurradas ou lama de enchentes;
  • Lavar muito bem as frutas e verduras, principalmente, as que forem consumidas cruas;
  • Lavar com detergente as embalagens com alimentos, principalmente latas, vidros e garrafas pets, antes de usar ou armazenar em geladeira ou dispensa. Embalagens de alimentos requerem muito cuidado;
  • Pessoas que fazem limpeza de lama, entulhos e desentupimento de esgoto devem usar botas e luvas de borracha;
  • Em caso de ser surpreendido por chuvas e atingido por enxurradas ou enchentes, retirar as roupas e sapatos contaminados e se lavar o mais rápido possível.
  • Controle de roedores:
  • Armazenamento apropriado de alimentos;
  • Acondicionamento e destino adequado do lixo;
  • Desinfecção e vedação de caixas d´água;
  • Vedação de frestas e aberturas em portas e paredes;

A população residente em locais com déficit de infraestrutura e saneamento básico é considerada de maior risco à contaminação pela bactéria. Portanto, deve ficar atenta às orientações e buscar segui-las, utilizando métodos simples de desinfecção para prevenção da doença.

A água sanitária (hipoclorito de sódio a 2,5%) mata as Leptospiras. Para desinfetar reservatórios de água deve ser usada uma mistura na proporção de um litro de água sanitária para cada 1.000 litros de água do reservatório.

Para limpeza e desinfecção de locais e objetos que entraram em contato com água ou lama contaminada, a orientação é diluir 2 xícaras de chá (400ml) de água sanitária para um balde de 20 litros de água, deixando agir por, no mínimo, 15 minutos.

Crédito: Freepik

Crédito: Freepik

Olá! Você gostou do nosso texto? Que tal fazer parte da Força de Mobilização da SES/MG? 💪🏼👩🏾‍⚕

Não perca esta oportunidade de receber e compartilhar conteúdo de qualidade sobre saúde! 📢👨🏻‍⚕✅

Para fazer parte dessa lista, é importante: 📡

1° passo: 😎 clique no link e envie a mensagem:
http://bit.ly/Saudemg01

2° passo: salve o nosso número na sua lista de contatos.

Pronto! Seja bem vindo(a). 🤝🏼

IMPORTANTE: Não se trata de um grupo, você receberá as mensagens em uma conversa privada no seu whatsapp.

 

Deixe uma resposta