#Podcast: Sífilis e resistência a antibióticos entre jovens

By | 17 de fevereiro de 2020

Desde 2010, quando se tornou obrigatória a notificação de casos de sífilis no Brasil, os números demonstram um aumento persistente. O Ministério da Saúde divulgou em outubro de 2019, os dados de seu boletim epidemiológico, que atestam que entre 2017 e 2018, o número de casos aumentou 28,3%. Para se ter uma ideia da gravidade da situação, no período de 2010 a junho de 2019, foram notificados, no Sistema de Informação de Agravos de Notificação – Sinan, 650.258 casos de sífilis adquirida.

A sífilis é considerada uma Infecção Sexualmente Transmitida (IST) causada pela bactéria Treponema pallidum. Uma das características da sífilis é que ela pode levar meses ou anos no organismo da pessoa infectada. Para falar sobre essa IST, o projeto Fiocruz no Ar ouviu o médico e professor adjunto do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Gabriel Osanan, que explica os riscos do não tratamento da doença.

Sobre o Projeto Fiocruz no Ar

O Projeto Fiocruz no Ar produz podcasts para serem distribuídos para rádios interessadas em veicular – gratuitamente – informação de qualidade, tendo como referência a expertise de 120 anos da Fundação Oswaldo Cruz – FIOCRUZ, do Ministério da Saúde.

Ouça e compartilhe!

Boletim “Fiocruz no ar”, da Fundação Oswaldo Cruz, com o tema “Sífilis e resistência a antibióticos entre jovens”.

SoundCloud Fiocruz no Ar | RadioTube Fiocruz no Ar

Deixe uma resposta