Período de chuvas intensas em MG: saiba como se proteger!

By | 14 de janeiro de 2022
Marco Evangelista | Imprensa MG

Marco Evangelista | Imprensa MG

As chuvas intensas que têm atingido diversas regiões de Minas Gerais preocupam quanto às consequências para a saúde pública no estado. Por isso, a Secretaria de Estado de Saúde de Minas Gerais (SES-MG) faz um alerta à população para os cuidados necessários à proteção da saúde e da vida na ocorrência de chuvas prolongadas, enchentes e enxurradas, deslizamento, descarga atmosférica, dentre outros eventos adversos.

Em caso de chuva forte, fique atento(a):

. Evite ruas e avenidas sujeitas a alagamentos, mudando seu trajeto para locais mais seguros;
. Se estiver dirigindo, não tente atravessar vias com água acima da metade da roda (observe outros carros);
. Procure abrigo em local seguro, alto e seco, ou no ponto de refúgio de seu bairro;

. Não fique em campo aberto, nem próximo a árvores ou postes;
. Em casa, desligue os aparelhos elétricos das tomadas e evite o uso do chuveiro elétrico
· Não tente desligar ou religar energia da rede elétrica por conta própria.

Evite acidentes com água e energia elétrica:

Demetrio Aguiar | Cemig

Demetrio Aguiar | Cemig

Durante o período chuvoso, também é necessário que os cuidados com a rede elétrica sejam redobrados para evitar acidentes, choques ou perdas de equipamentos:
. Evite o uso do chuveiro elétrico;
· Não encoste em postes ou estruturas elétricas para se proteger das inundações;
· Nunca toque em aparelhos elétricos com as mãos ou os pés úmidos;
· Não tente desligar ou religar energia da rede elétrica da Cemig por conta própria;
. Evite a permanência em lajes altas ou locais descampados, de maior incidência para descargas atmosféricas;
. Jamais se abrigue embaixo de árvores;
· Caso haja necessidade de utilizar o telefone durante tempestades, a melhor opção é o aparelho sem fio ou o celular, desde que não esteja conectado à tomada;
. Evite locais sujeitos a alagamento.

Saiba o que fazer caso esteja dirigindo:

Vias alagadas são comuns em todo o país em épocas de chuvas. Atenção redobrada e prudência são atitudes chave para garantir a segurança nessas condições. As principais orientações para o motorista nessas situações são:

. Evite ruas e avenidas sujeitas a alagamentos, mudando seu trajeto para locais mais seguros;
. Caso já se encontre em áreas alagadas, reduza a velocidade e mantenha uma rotação maior e constante do motor;
. Observe outros carros, não tente atravessar com água acima da metade da roda.

Compartilhe com a sua rede!

Ajude-nos no compartilhamento de informações oficiais e confiáveis junto à sua comunidade, família, amigos e colegas de trabalho sobre os cuidados de prevenção aos riscos provocados pelas chuvas intensas:

Saiba mais

A população também pode encontrar orientações para problemas comuns em regiões atingidas no hotsite saude.mg.gov.br/alertachuva, em que há recomendações para fazer limpeza de caixas d’água e de residências inundadas, assim como a identificação de sintomas de doenças provocadas pelo comprometimento das redes pluviais e contato com água contaminada, além dos cuidados para evitar a presença de animais peçonhentos, que buscam refúgio em locais secos, muitas vezes dentro das casas.

Ações da SES-MG

A SES-MG tem promovido uma série de ações de resposta para o período chuvoso. Seja pelo crescimento de casos de doenças transmitidas pela presença de agentes infecciosos na água, seja pela perda de medicamentos ou inundação de estruturas, os 853 municípios mineiros podem notificar a SES-MG por meio de formulário on-line, para que o governo possa atuar via Unidades Regionais de Saúde (URS) e identificar possíveis riscos à saúde humana, como a necessidade de transferência de pacientes acamados, unidades de saúde comprometidas, casos ou surtos de determinada doenças, a perda de medicamentos, dentre outros.

Crédito: Isabela Carrari

Crédito: Isabela Carrari

A SES-MG também vai aumentar a testagem de COVID-19 nos municípios afetados pelas fortes chuvas a fim de evitar surto da doença e também de Influenza entre os desabrigados. Desde o dia 12 de janeiro, a SES-MG iniciou a distribuição de um total de 1.081.690 testes rápidos para detecção de antígeno COVID-19, sendo 966.245 destinados aos municípios de Minas Gerais e 115.445 para a população quilombola do Estado.